Notícia
Data: 21 e 22/03/2019

XXIV GT das Obras Sociais


Por: ANBEAS
MEMORARE

Dois dias de troca de experiências e muito aprendizado

As equipes de coordenação das Obras Sociais da Rede Saviniana de Educação e Assistência Social dos Estados do Piauí, Paraíba e Ceará estiveram reunidas nos dias 21 e 22 de março no Centro de Formação Memorare durante o XXIV Grupo de Trabalho das Obras Sociais.

O GT teve a finalidade de planejar as atividades deste ano, assim como criar um plano de ações estratégicas das entidades. “Cada passo proposto nesse encontro faz parte de um processo permanente de aperfeiçoamento dos saberes necessários à nossa atividade desempenhada diariamente nas obras sociais savinianas, com o objetivo de assegurar uma ação profissional efetiva”, afirmou a assistente social Karla Viana.

Os dois dias de encontro foram uma via de mão dupla entre a mantenedora e as obras mantidas. Por meio de muita troca de informação, os presentes compartilharam aprendizados e tiraram dúvidas. O assistente social Bento Alves da Silva, Coordenador do Centro de Formação Carlos Novareis, participou de uma mesa redonda que teve como tema as “Estratégias de enfrentamento das organizações da sociedade civil aos desafios da atual conjuntura brasileira”. Para ele, o GT é um momento de aprendizado e também de análise do trabalho. “Eu vim trocar experiência, falar um pouco da importância de captar recursos para ampliar as obras sociais, de como executar os projetos desenvolvidos e também de como monitorá-los. Para isso, basta dedicação, entender as políticas públicas, trabalhar em rede e ter network”.

Durante o encontro, os participantes assistiram ainda a palestra da Professora Doutora Edna Juazeiro, da Universidade Federal do Piauí. Ela fez uma explanação sobre os desafios do planejamento social, indicadores e política pública.

A pedagoga Francisca Amélia, que trabalha na casa Savina Petrilli há doze anos, ressaltou a importância de participar do GT. “Além de divulgar nossa obra, a gente aprende com o outro. Aqui vamos trocando experiências e melhorando ainda mais o nosso trabalho. Saímos daqui com novas ideias, querendo fazer novas oficinas e também conhecendo outras realidades que podem servir como inspiração”, concluiu a pedagoga.


Informações
Responsive image
Vídeos
Facebook